禁色 (Kinjiki) - Em Japonês

(Cód. item 9784101050058) Esgotado | Outros produtos SHINCHOSHA
(0)
Produto esgotado
Descrição
Descrição:
Este romance descreve um fim miserável de um velho escritor que tenta se vingar de mulheres que uma vez recusaram manipular um jovem homossexual que não pode amar uma mulher.
Romance publicado inicialmente entre 1951 a 1953.

Sobre o autor: Yukio Mishima foi grande admirador das tradições milenares da cultura japonesa, especialmente da conduta virtuosística dos samurais. Mishima viveu a literatura como se fosse parte indissociável de sua existência. Além de romances, escreveu também poemas, ensaios e peças teatrais. Crítico contumaz da degradação do Japão moderno, permaneceu sempre em luta pela retomadados valores clássicos o seu país, até cometer suicídio, em 1970. Sua morte é emblemática de como, para ele, arte e vida não se separavam: depois de rasgar o próprio ventre com um sabre, foi decapitado por um de seus súditos, de acordo com a tradição samurai. (extraída do Google Docs)

Resenha da editora:
一生を女性に裏切られてきた老作家檜俊輔は、美青年南悠一が女を愛することのできない同性愛者であることを知り、この青年の美貌と肉体美を利用して、恨み深い現実への復讐を企てる。俊輔の計画は、かつて自分を苦しめた女たちを破局に追いつめることに成功するが……。男色を素材にして、心理小説の世界に、〈ルネッサンス的ヘレニズムの理想〉を造型化した異色長編。

Título da versão brasileira: Cores Proibidas
Textos em Japonês, em grande parte sem furiganas.


Dados do Produto:

ISBN: 9784101050058
Autor/Artista: Yukio Mishima
Idioma: Japonês
Editora: Shinchosha
1ª Edição (bunko por este selo):  Junho de 2013
Tipo: Livro (bunko)
Capa: Brochura com Sobrecapa
Formato: 10,5 x 16cm, 695 páginas
0 Avaliações
Tags
literatura japonesa Kinjiki Yukio Mishima Shinchosha bunko Cores Proibidas

Deseja receber nossas novidades por e-mail? Insira seu e-mail no campo abaixo e fique por dentro das novidades.