Cultura Japonesa vol. 2: Entendendo o Japão

2 em estoque | Outros produtos NIKKEY SHIMBUN
(0)
R$ 40,00
Não sei meu CEP?
Descrição

Descrição da Editora NIKKEY SHIMBUN:
Série bilíngue voltada à apresentação da cultura, espiritualidade e história japonesas.

Em “Por que o Guia Michelin traz mais restaurantes três estrelas em Tóquio que em Paris? ” se explica a importância da tecnologia e tradição acumuladas ao longo de centenas de anos de experiência. Dizem que em um restaurante especializado em caldeiradas de tartaruga de Quioto, com mais de 300 anos de fundação, basta ferver apenas água no mesmo caldeirão utilizado já por centenas de anos para se obter o caldo. A palavra “itadakimasu” (literalmente, “aceito agradecido”) que os japoneses pronunciam antes das refeições tem o sentido de “aceitar agradecido a vida do alimento”, fazendo do ato de comer um ritual associado ao ato de viver. E por essa razão, a culinária é levada a sério.

O capítulo “Por que balcões em restaurantes só existem no Japão” aborda um aspecto típico da alma japonesa, que se revela quando exige seriedade dos mestres de culinária. Nos balcões à vista dos fregueses, a tábua de preparo dos alimentos deve permanecer sempre rigorosamente limpa. E nada deve espirrar quando se corta a cabeça de um peixe na tábua, por exemplo. Para isso, naturalmente, é necessário adestrar o manejo da faca. Por que toda essa obsessão? É o que se verá.

O capítulo sobre Yasuhiro Yamashita fala da formação espiritual proporcionada pelo esporte e artes marciais como pregada por esse judoca representativo do Japão.

“As mil e centenas de anos de existência do Santuário de Ise” se refere aos segredos desse Santuário, que é reconstruído continua e periodicamente a cada 20 anos desde o ano de 690. Por que se teria preferido reconstruir a cada 20 anos, em lugar de se erguer uma única construção para 2000 anos de uso? Qual o segredo oculto na tecnologia e no estilo dessa arquitetura que perduram por 2.000 anos, até hoje?

Em matéria sobre a imigração japonesa, selecionamos o texto de Koichi Kishimoto: “Dona Margarida Watanabe, mãe da colônia japonesa no Brasil”. Durante a guerra, quando 6.500 imigrantes japoneses residentes no litoral de Santos foram expulsos de suas residências, Dona Margarida foi incansável em socorrê-los dos padecimentos de frio e fome. Mesmo após a guerra, ela dedicou sua vida para proporcionar assistência social à colônia japonesa, fundando instituições como a Associação Santa Maria de Senhoras e o abrigo Ikoi-no-Sono.

Volume 2
Textos em Japonês e Português.


Dados do Produto:
Volume 2
Idioma: Português, Japonês
Editora: Nikkey Shimbun
Coleção: Cultura Japonesa: Entendendo o Japão
Tipo: Livro
Capa: Brochura
Formato:
Publicação Nacional

0 Avaliações
Tags
Cultura Japonesa Cultura Japonesa Entendendo o Japão Nikkey Shimbun

Deseja receber nossas novidades por e-mail? Insira seu e-mail no campo abaixo e fique por dentro das novidades.